Ir para o conteúdo

Prefeitura de Borá e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Borá
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Legislação
ARRASTE PARA VER MAIS
INTERAÇÃO
Anotação
Marcação
BUSCA
Expressão
EXPORTAÇÃO
Código QR
Baixar
Compartilhar
COLABORE
Reportar Erro
QRCode
Acesse na íntegra
DECRETOS Nº 976, 09 DE FEVEREIRO DE 2000
Em vigor

D E C R E T O Nº 976-A DE 09/02/00.



“Dispõe sobre as atribuições do Emprego de Enfermeiro e dá outras providências”.


O Cidadão LUIS ANTONIO VINHANDO, Prefeito Municipal de Borá, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições legais,



D E C R E T A:



Art. 1º - As atribuições do emprego público de natureza permanente de ENFERMEIRO (A) do quadro de servidores do Município, são as seguintes:

-Identificar as necessidades de enfermagem, realizando entrevistas, participando de reuniões e através de observação sistematizada, para preservar e recuperar a saúde.

-Elaborar o plano de enfermagem, baseando-se nas necessidades identificadas, para determinar a assistência a ser prestada pela equipe de enfermagem no período de trabalho.

-Executar diversas tarefas de enfermagem, como administração de sangue e plasma, controle de pressão venosa, monitorização e aplicação de respiradores artificiais, prestações de cuidados de conforto, movimentação ativa e passiva e de higiene pessoal.

-Aplicação de diálise peritoneal, gasoterapia, cateterismo, instilações, lavagens de estômagos, vesicais e outros tratamentos.

-Executar tarefas complementares ao tratamento médico especializado.

-Executar testes de sensibilidades, aplicando substâncias alergênicas e fazendo leitura de reações, para obter subsídios diagnósticos.

-Fazer curativos, imobilizações especiais e ministrar medicamentos e tratamentos em situações de emergência, empregando técnicas usuais ou específicas, para atenuar as consequências dessas situações.

-Adaptar o paciente ao ambiente do Centro de Saúde e aos métodos terapêuticos que lhe são aplicados, realizando entrevistas de admissão, visitas diárias e orientando-o para reduzir sua sensação de insegurança e sofrimento.

-Fazer estudos e previsão de pessoal e materiais necessários às atividades, elaborando escalas de serviços e atribuições diárias e especificando e controlando equipamentos, materiais permanentes e de consumo, para assegurar o desempenho adequado dos trabalhos de enfermagem.

-Planejar, organizar e administrar serviços em unidades de enfermagem;

-Executar trabalhos específicos em cooperação com outros profissionais em assuntos de enfermagem, emitindo pareceres, realizando levantamentos, identificando problemas, estudando soluções, elaborando programas e projetos e desenvolvendo pesquisas;

-Implantar normas e medidas de proteção, orientando e controlando sua aplicação, para evitar acidentes.

-Registrar as observações, tratamentos executados e ocorrências verificadas em relação ao paciente, anotando-as no prontuário, ficha de ambulatório, relatório de enfermagem da unidade ou relatório geral, para documentar a evolução da doença, e possibilitar o controle da saúde.

Art. 2º - Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

Art. 3º - Revogam-se as disposições em contrário.



Borá, 09 de fevereiro de 2000.



LUIS ANTONIO VINHANDO

PREFEITO MUNICIPAL



Registrado nesta Secretaria em livro próprio, na data supra e publicado por edital afixado em lugar público de costume.



EDNA MARIA PAVANELI BERTO

SECRETÁRIA

* Nota: O conteúdo disponibilizado é meramente informativo não substituindo o original publicado em Diário Oficial.
Minha Anotação
×
DECRETOS Nº 976, 09 DE FEVEREIRO DE 2000
Código QR
DECRETOS Nº 976, 09 DE FEVEREIRO DE 2000
Reportar erro
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Seta
Versão do Sistema: 3.2.5 - 03/08/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia